De Segunda a Sexta-feira: 09:00 às 21:00 e Sábado: 09:00 às 12:00
 
 
HOME
NOSSO ESTÚDIO
AULAS
MASSAGENS
TERAPIAS NATURAIS
HORÁRIOS
PROFISSIONAIS
BLOG
AGENDA
FALE CONOSCO
 
Ícone de menu
HOME
NOSSO ESTÚDIO
AULAS
MASSAGENS
TERAPIAS NATURAIS
HORÁRIOS
PROFISSIONAIS
BLOG
AGENDA
FALE CONOSCO
Lupa para pesquisa

Benefícios da meditação

O que vem a sua mente quando você ouve a palavra meditação?

Talvez pense em pessoas sentadas com as mãos em posições estranhas?

Ou possivelmente pense que meditação é não pensar em nada?

O que é a meditação?

A meditação é um estado de espírito, um estado de presença plena, de atenção plena no momento presente e de conexão profunda.

Além disso, a meditação traz tantos benefícios a seus praticantes que tem se tornado foco de cada vez mais pesquisas científicas ao redor do globo.

O estado meditativo é aquele onde conseguimos estar completamente presentes, conscientes, despertos, desapegados dos turbilhões da nossa mente e de seus julgamentos, para conseguir ver as coisas como elas realmente são.

Conheça os benefícios da meditação

O principal objetivo da meditação é reduzir estes turbilhões mentais de pensamentos e julgamentos por meio do treino do controle de nossa atenção.

Sabemos que por muitas vezes estes pensamentos repetitivos e incessantes são a causa de mais estresse, ansiedade e preocupação que tanto nos atingem nos dias atuais.

A prática regular de técnicas meditativas nos permite desenvolver uma auto-observação refinada em relação às nossas atitudes, pensamentos e acontecimentos do dia a dia.

Isso diminui nosso sofrimento, nos coloca em contato com nosso verdadeiro potencial, livre de medos e crenças limitadoras. Muitas vezes vivemos ligados demais a vivências passadas, conectados com frustrações, mágoas e desilusões, que podem até mesmo nos levar a estados depressivos.

Por outras vezes, vivemos apenas no futuro, pensando em todas as obrigações e preocupações, num estado constante de ansiedade e agitação.

A prática da meditação nos ajuda a manter nosso foco no presente, onde temos a real possibilidade de agir, de vivenciar e aproveitar as experiências e expressar todo o nosso potencial.

Ainda, além de ser uma ferramenta de autoconhecimento e equilíbrio interior tão importante, a prática da meditação estende seus benefícios também para o nosso corpo, beneficiando nossa saúde de maneira integral.

É o que tem demonstrado um número crescente de pesquisas científicas por todo o globo.

Benefícios da meditação recentemente demonstrados pela Ciência

Diversas pesquisas recentes têm se focado nos benefícios da meditação para o sistema nervoso central, buscando compreender o que acontece quando meditamos e como acontece.

Segundo a neurocientista Sara Lazar, pesquisadora do departamento de psiquiatria do Massachusetts General Hospital, em Boston, e instrutora em psicologia na Harvard Medical School, a meditação pode alterar a estrutura física do cérebro e melhorar o desempenho de suas funções, como coordenação motora e concentração.

Em seus estudos a pesquisadora observou que há um espessamento na massa cinzenta em áreas do cérebro relacionadas à atenção e aos sentidos de quem pratica meditação.

Num estudo desenvolvido por pesquisadores do Instituto do Cérebro do Hospital Albert Einstein, da UNIFESP e do King’s College London, Institute of Psychiatry, demonstrou que são tão visíveis as alterações estruturais no cérebro de meditadores que é possível dizer com acurácia de 94,8% se a pessoa medita ou não apenas observando a estrutura do cérebro por exames de imagem.

Outro estudo do Instituo do Cérebro do Hospital Albert Einstein demonstrou que pessoas que não meditam despendem mais esforço cerebral para realizar tarefas de atenção, o que demonstra que a prática da meditação potencializa a eficiência do cérebro no quesito concentração.

Além disso, estudos têm demonstrado que a prática regular da meditação pode alterar o volume e densidade do hipocampo, área do cérebro crucial para a memória, principalmente a de longo prazo.

A nível celular a recente descoberta é que a meditação é capaz de alterar, inclusive, a expressão genética em um curto período de tempo, diminuindo a ativação de genes pró-inflamatórios e aumentando a expressão de genes histona deacetilase (HDAC), que são capazes de modificar o genoma sem alterar a sequência de DNA.

Segundo os estudos do cardiologista Georg Tuppy, a prática da meditação produz no cérebro os mesmos efeitos de diazepínicos e antidepressivos sem produzir nenhum efeito colateral, já que não há ingestão de nenhum medicamento ou droga ilícita.

Ainda segundo o pesquisador, há diversos estudos que mostram que pessoas que sofrem de hipertensão ou já tiveram um infarto fazem uso de menos remédios e tem uma melhor sobrevida quando associam o tratamento convencional à meditação.

Um estudo recente realizado por pesquisadores do Alberta Health Services’Tom Baker Cancer Centre e da University of Calgary Department of Oncology demonstrou que os telômeros (proteínas complexas no fim dos cromossomos) mantêm seu comprimento em sobreviventes de câncer de mama que praticaram meditação ou participaram de grupos de apoio.

Apesar dos mecanismos de regulação de doenças dos telômeros não serem completamente conhecidos, sabe-se que telômeros mais encurtados têm relação com doenças graves e envelhecimento celular, enquanto telômeros mais compridos são protetores contra doenças.

Autora: Stephany Nicolli D. Fonseca
Naturóloga formada pela Universidade Anhembi Morumbi

Compartilhe com seus amigos:


Essência Yoga | Yoga e Massoterapia © 2016 | Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Linking Sites
Whatsapp